Negro Rei

Loading...

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

"Do universo um segundo"

 

DO UNIVERSO UM SEGUNDO

E diz o amor...
Que há tempo de amar
De exemplo, um beija-flor
Faz do mundo um melhor lugar

Olhar pro çeú
Com tempo de amante
Beijo com mel
Nas cores do horizonte

Na luz do seu olhar
O brilho do alvoresçer
Amando semear
Amando ser você

A  alegria de ser assim
Saboreando pão de ló
Puxa-puxa e alfenim
Como no tempo da vovó

Acreditar em milagres
Ser feliz com a vida
No lume da verdade
Oh ! terra tão querida


Um punhado de ternura
Espalhado pelo ar
Pingos de doçura?
Da vontade de amar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário