Negro Rei

Loading...

quarta-feira, 16 de março de 2011

Eu


Eu sou o verso e estou vivendo
Dançando na corda-bamba
E tudo acontecendo
Com a tutela da mudança

Rimo com a esperança
A serena liberdade
De ser quem sou, a usança
Águia, no tom e na diversidade

E eu sou verso
Que nem seca nem molha
Compondo meu universo
Sou forte nessa hora!

Me descubro e me amo
Cada vez que sinto
O melhor de ser só

E me permitindo
Deixo a porta aberta
Faço meu destino
Como água recomeça
Entre pedras no caminho

Pudesse eu ser um cometa
Mas sou um verso
Para que não me esqueça
Degêlo teu olho cego. 


Iracema Albuquerque
16.03.11

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Superação

 

                                                 superação

                                       
 constata-se uma preocupação
                                         incersão lúcida na realidade
                                        reconheçer e desumanização
                                    homens desafiados pela criticidade
                                          vocação negada na injustiça
                                         afirmada na própia negação
                                        o meio envolvente que limita
                                       elemento básico na mediação
                                             na raiz da sua inclusão
                                 permanente movimento de busca
                                           na realidade uma ação
                                 pela educação uma adesão justa
                                         como atributo herdado
                                   instrumento de nossa reflexão
                                  não é, porém um destino dado
                                   sim,na ordem um resultado
                                  se descobrem seus refazedores
                                  ao alcaçarem este conhecimento
                                    vendo-se novos construtores
                                    inconscientes agora atentos
                                       a superação é um parto
                          que tráz ao mundo , um homem novo
                                       por definição um marco
                                      um homem libertador.


Inspirada no livro pedagogia do oprimido (Paulo Freire) minhas leituras.

Um sonho

 

um sonho

                                                 com um dia especial
                                                     uma explosão
                                                 numa manifestação
                                                     de liberdade!
                                        amor com força descomunal
                                    que os homens do mundo inteiro
                                     se dêem as mãos como iguais
                                               vendo todos juntos
                                   em mãos uma nova realidade
                            uma alegria nesse caldeirão cultural
                                               um sonho de ver
                        fortalecida a identidade humana universal.

"inspirada nos meus sonhos...

                                                               meu sonho
Iracema Albuquerque
19/04/2008

Prélio

prélio

                                          um adeus sem festa
                                sequer ter ouvido um gemido
                                         o pior  de te perder
                                             foi não ter vivido
                                       um defensor paladino
                                           árdego e arteiro
                                            silente destino
                                              um guerreiro
                                     prélio do desejo e razão
                            toques que não tive,saudades...
                             seguro, me esconde o coração
                               que no olhar liberta a verdade

Criação

 

CRIAÇÃO

                                             

                              compreendida se for amada
                                 assidua se for procurada
                                quanto mais se conheça
                             mais pode ser transformada
                                        o destino era viver
                                           tinha que ser
                               hoje a luz dos meus versos
                             a existência me fez entender
                               misteriosamente revelada
                          que o amor é estratégia da vida
                          que a criação pra vencer
                                tem que ser amada
                        assim , cultuando a criação
                            não sabia que podia
                         guardada com toda sorte
                         ter vencido com alegria

     
Iracema Albuquerque
29/04/2008

Eu sei

 

EU SEI

                                                     
                                                      eu sei
                                                 no teu olhar
                                       o sentimento guardado
                                        a capacidade de amar
                                           o respeito devotado
                                           obrigado a silenciar
                                          no saber um soldado
                                           disposto a esperar
                                            das coisas que sei
                                          e que não foram ditas
                                        obras que o destino fez
                                       na minha história de vida
                                         uma magia no teu olhar
                                             penso que fui feliz
                                           quando na vida quiz
                                       ser verdadeira e me amar
                                     nos espaços que só eu sei
                                       sinto você a me esperar
                                       meu segredo encantado
                                         o tempo vai me revelar

Lasso Coração

 

Lasso coração.

                                                     
                                                Perdoa-me pela omissão
                                                   Vi tudo se desfazer
                                            árdego presente da emoção
                                         Medo precipuo por anteceder
                                                      Coração lasso
                                       Que te ver nos deuses e em tudo
                                             Um novo céu ,o sagrado
                                               De enlevo não durmo
                                           Pernoito com a esperança
                                              Sem quase perceber
                                          Que a noite é uma criança
                                          E então vejo o amanhecer
                                            Um corpo incêndiando
                                   Nas despedidas sem movimento
                                        Enganos que por encantos
                                     Denunciam meu pensamento
                                      Desejando o amante confidente
                                   Um homem com amor de verdade
                                      Impávido no trato do que sente
                               Conhecedor do mistério e da realidade
                                   Um sonhador com o pé no chão
                                                    Onde andas...
                                   Defensor da vida por inspiração
                                               Por onde andas?...